Tratamentos

Colposcopia

A colposcopia é um exame realizado pelo ginecologista (ou a mando dele) para avaliar a vulva, vagina e colo do útero de maneira detalhada. Nele, é utilizado o colposcópio, uma espécie de binóculo que ilumina e amplia a visão da região. Porém, o uso de algumas soluções durante o procedimento também pode se fazer necessário, a fim de uma melhor observação.

Atenção!
Esse exame só pode ser realizado em mulheres que foram ou são sexualmente ativas. Para as mulheres virgens, um exame chamado vulvoscopia é o mais indicado, pois será realizado com um tipo de microscópio que permite a ampliação da região em até 40 vezes, fazendo com que a virgindade permaneça.

Para que serve o exame de Colposcopia

Normalmente esse exame é solicitado após o especialista achar necessário uma avaliação mais profunda do aparelho genital. Isso se deve a dois fatores, principalmente:

  1. Quando o exame de Papanicolau apresenta alterações sugestivas de lesões pré-malignas.
  2. Quando, durante o exame ginecológico, o médico identifica lesões suspeitas na mucosa da vagina ou do colo do útero.

Com a realização da colposcopia, é possível ter a certeza se há ou não uma lesão na região, onde está localizada, qual a sua extensão e de que natureza é benigna (ou inflamatória), pré-maligna (com possibilidade de evoluir para um câncer) ou maligna.

Além disso, o exame pode ser utilizado para detectar e avaliar outros tipos de problemas, tais como:

  • Verrugas genitais no colo do útero (causadas, na maioria das vezes, pelo vírus HPV).
  • Cervicite (inflamação do colo do útero).
  • Pólipos benignos (crescimentos irregulares de tecidos).
  • Dor pélvica.
  • Sangramento (como, por exemplo, após o sexo).

Preparação do exame de Colposcopia

Para a realização da colposcopia, não é necessário nenhum tipo específico de preparação prévia, já que o exame é realizado no próprio consultório médico e dura de 15 a 20 minutos. Porém, você deve se certificar de que não está em seu período menstrual, uma vez que o fluxo de sangue interfere na imagem que o exame visa em ter.

Além da menstruação, outros itens também podem interferir no resultado do exame. Portanto, certifique-se de que você:

  • Não usou ducha vaginal.
  • Não aplicou nenhum tipo de medicamento na região.
  • Não usou absorvente interno nas últimas 24 horas.
  • Não fez sexo nas últimas 24 horas.
  • Não tem nenhum tipo de infecção na vulva, vagina ou colo do útero.
  • Esvaziou a sua bexiga.

A colposcopia costuma ser indolor, mas algumas mulheres alegam sentir pequenos desconfortos durante o procedimento. Para evitar que isso aconteça, você pode tomar um analgésico, como o ibuprofeno, de 30 a 60 minutos antes da realização do exame.

Há também a questão da ansiedade que, na maioria dos casos em que acontece, também causa um desconforto geral incluindo a dificuldade em dormir e a falta de concentração. Mulheres que sofrem de ansiedade costumam sentir mais dores durante a colposcopia e, diante disso, são aconselhadas a seguirem estas dicas:

  • Perguntar ao médico sobre folhetos que explicam o que é o exame e o que esperar dele.
  • Anotar todas as perguntas e preocupações que possuir sobre o procedimento e perguntar tudo ao médico.
  • Encontrar atividades que relaxem o corpo e a mente, como exercícios físicos e meditação.
  • Verificar se há a possibilidade de levar um aparelho portátil para escutar música enquanto o exame é feito.

Atenção!

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Em caso de gravidez

A colposcopia não apresenta nenhum risco tanto para a gestante quanto para o bebê, porém avisar o médico de que está grávida é importante antes de fazer o exame.